Custom Search

14.7.12

Novo software revoluciona os procedimentos cirúrgicos

3
O InVesalius, desenvolvido em doutorado na Unicamp,
permite criar modelos virtuais e réplicas de estruturas anatômicas

Novo software revolucionaos procedimentos cirúrgicos
PAULO CÉSAR NASCIMENTO
O engenheiro Aílton Santa Bárbara: software desenvolvido para o doutorado na Unicamp (Fotos: Antoninho Perri/Divulgação)Um programa de computador desenvolvido pelo engenheiro eletrônico Ailton Santa Bárbara, do Centro de Pesquisa Renato Archer (CenPRA), para a sua tese de doutorado na Unicamp, está revolucionando os procedimentos cirúrgicos em hospitais brasileiros. O software InVesalius permite criar, a partir de imagens médicas tomográficas, modelos virtuais e até mesmo réplicas tridimensionais e em tamanho natural de estruturas anatômicas como crânios, mandíbulas e sistemas vasculares, esculpidas por meio da tecnologia de prototipagem rápida.
A técnica traz ótimos resultados no planejamento de cirurgias complexas
A inovadora metodologia é resultado de uma estreita colaboração entre engenharia e medicina e nasceu da convergência das tecnologias de aquisição de imagens médicas, computação gráfica e prototipagem. Com uma réplica do órgão em mãos, o médico tem uma clara visão da situação clínica, pode planejar e simular intervenções cirúrgicas e modelar implantes exclusivos para cada paciente.
Os protótipos são gerados com base nos dados obtidos em exames de tomografia e ressonância magnética. As imagens são processadas pelo software, que constrói um modelo tridimensional computadorizado da estrutura de interesse. Este volume é então transformado em um modelo físico preciso e detalhado por meio da prototipagem rápida.
Faça Sua Cabeça
Embora seja relativamente nova na área médica, a técnica de biomodelagem vem demonstrando ótimos resultados no planejamento de cirurgias complexas, afirma Ailton Santa Bárbara, principalmente as bucomaxilofaciais e de reconstrução craniofacial.
Na prototipagem, as peças são primeiramente projetadas no computador por meio do InVesalius e em seguida ganham forma através de uma máquina injetora que reproduz com precisão cada medida do modelo virtual. É possível produzir peças bastante complexas, inclusive com partes ocas. O equipamento utilizado é o mesmo que produz peças e moldes industriais para a fabricação de componentes automotivos, equipamentos eletroeletrônicos e móveis, entre outras aplicações.

Custo menor – As réplicas são modeladas em náilon a um custo de aproximadamente R$ 1,5 mil a peça, dependendo de seu volume e do detalhamento exigido. Mas testes com gesso demonstraram a viabilidade da substituição da matéria-prima para protótipos mais simples e com uma redução da ordem de 40% no preço. Uma única unidade importada de um crânio completo pode custar US$ 3 mil.
Além da prototipagem, o InVesalius dispõe de outro avançado recurso técnico para o diagnóstico de doenças e análise de estruturas internas do corpo. A biomodelagem permite ao cirurgião ver na tela do computador um crânio tal como ele é dentro da cabeça, em três dimensões, rico em detalhes, com diferentes texturas. O modelo virtual também oferece ao médico a oportunidade de “navegar” por qualquer parte do corpo e observá-lo por diversos ângulos. É possível ainda separar o objeto de interesse do todo – eliminar os tecidos e deixar apenas o osso, por exemplo – e fazer cortes e medidas absolutamente fiéis à realidade, assegura o pesquisador.
“Se a biomodelagem já permitia visualizar modelos tridimensio-nais de quaisquer partes do corpo, com os protótipos tornou-se possível tocar e manusear cópias idênticas a elas, feitas nas mesmas proporções das estruturas originais”, explica o engenheiro especializado em processamento de imagens. Ailton Santa Bárbara observa que as réplicas permitem aos médicos decidir com antecedência quais os procedimentos mais adequados ao caso, simular incisões ou ensaiar a colocação de uma prótese. Dentro da sala de cirurgia os protótipos funcionam como guias para orientar os procedimentos.
“Cirurgias bem planejadas duram menos tempo e, conseqüentemente, são mais baratas, menos traumáticas para o paciente e não requerem tantos tratamentos pós-operatórios”, ressalta o pesquisador. No que diz respeito à comunicação, os protótipos facilitam bastante o diálogo com o paciente e entre os próprios médicos. “Fazer um diagnóstico, discutir possibilidades de tratamento ou descrever uma patologia para a família tornam-se tarefas muito mais simples quando há um modelo físico idêntico à estrutura afetada para ilustrar a situação”.

Promed – O processo está disponível na Divisão de Desenvolvimento de Produtos do CenPRA, em Campinas, por meio do projeto Promed (Prototipagem Rápida na Medicina). O CenPRA utiliza a Sinterização Seletiva a Laser (SLS) – e Impressão Tridimensional 3DPrinter, um dos diferentes processos de Prototipagem Rápida existentes. A matéria-prima – pó de poliamida (náilon) pura ou com carga de vidro – é depositada sobre a superfície da máquina, com a ajuda de um rolo, em camadas que variam de 0,08mm a 0,5mm de espessura. Quanto mais finas forem as camadas e menor for a granulometria do pó, maior será a precisão do acabamento superficial do protótipo.
InVesalius foi desenvolvido por Ailton após experimentar sob licença diferentes softwares comerciais importados para processamento de imagens médicas, que têm custo entre US$ 20 mil e US$ 150 mil. “A opção por desenvolver o próprio software garantiu o completo domínio sobre a tecnologia empregada e, conseqüentemente, a adequação desta às condições atuais da área de saúde no Brasil”, argumenta o autor. Se fosse comercializado, o similar nacional custaria cerca de R$ 15 mil. Mas pode ser baixado livremente da internet no endereço www.cenpra.gov.br/promed
Quem foi Vesalius
O nome do software, InVesalius, é uma homenagem ao médico belga Andreas Vesalius, que nasceu em Bruxelas a 31 de dezembro de 1514. Os conhecimentos de anatomia e fisiologia da época limitavam-se às descobertas feitas na Antigüidade, baseadas na dissecação de animais. A ausência de aulas práticas de anatomia na Universidade de Paris o levou a freqüentar cemitérios em busca de ossadas de criminosos executados e vítimas de praga. Graduou-se doutor em Medicina pela Universidade de Pádua, na Itália, e em 1538 publicou seu primeiro trabalho, as Tabulae Sex, um conjunto de seis desenhos de anatomia feitos por ele mesmo.
A obra máxima de Andréas Vesalius, De Humani Corporis Fabrica, foi concluída em 1543, após inúmeras dissecações de cadáveres humanos. Dividida em sete partes – ossos, músculos, sistema circulatório, sistema nervoso, abdômen, tórax e cérebro –, o atlas traz magníficas ilustrações das estruturas do corpo e representa o marco inicial da anatomia moderna. Vesalius morreu em 1564, provavelmente em um naufrágio, na volta de uma peregrinação à Terra Santa. É considerado o “pai da anatomia moderna”. De Humani Corporis Fabrica foi relançada recentemente em edição luxuosa pela Editora da Unicamp.

Tempo de cirurgia pode diminuir em até 70% 
Em pouco mais de dois anos, o conjunto de inovações tecnológicas proporcionado pelo Promed já foi empregado em mais de 450 casos de diagnóstico e tratamento de patologias. Os procedimentos foram realizados em hospitais de Campinas, como o Mário Gatti e a Sobrapar, em instituições de São Paulo, Brasília, Rio Grande do Sul, Petrópolis, Belo Horizonte, Goiânia, Curitiba e Florianópolis, e até de países como Chile, Portugal e Equador. Uma das aplicações mais freqüentes tem sido a de confecção de próteses e moldes.
Em cirurgias craniofaciais de reconstrução óssea, as próteses geralmente são moldadas na hora sobre o paciente anestesiado e com o conteúdo intracraniano exposto, num procedimento que dura cerca de 20 a 30 minutos. Com a ajuda da biomodelagem e da prototipagem rápida é possível confeccionar com antecedência implantes exclusivos, nas dimensões e no formato exato para cada pessoa. “Além de um melhor resultado estético, o planejamento garante que o tempo exigido para a operação seja reduzido em até 70%, dependendo de cada caso, com menos risco para o paciente”, afirma Ailton Santa Bárbara.
A prótese prototipada não pode ser colocada no paciente, pois o náilon não é biocompatível, explica o engenheiro especializado em processamento de imagens. Entretanto, auxilia na simulação da cirurgia e na escolha da melhor maneira de se executar o implante. Já os moldes prototipados servem de fôrmas para as próteses definitivas, produzidas em materiais como o cimento ósseo (hidroxiapatita).
Exemplo de aplicação foi o de uma paciente de Piracicaba que apresentava um tumor ósseo na mandíbula. A metade direita do órgão deveria ser extirpada para evitar a reincidência da doença. Uma prótese customizada foi desenvolvida a partir do modelo tridimensional da estrutura e os procedimentos cirúrgicos e o implante foram planejados e treinados no protótipo. A prótese e o molde foram posteriormente confeccionados em polímero e serviram de base para uma placa fíbula (retirada de um osso da perna) fixada com uma placa de liga de titânio, também moldada no protótipo.
Em outro caso, um paciente da Faculdade de Medicina da PUC-RS apresentava fraturas e afundamento de diversos ossos da face, decorrentes de um acidente automobilístico. Havia perda quase completa da visão no olho esquerdo e grande preocupação com o resultado estético. As osteotomias (dissecção cirúrgica de osso) foram planejadas no modelo tridimensional computadorizado e a intervenção cirúrgica foi simulada no protótipo médico. A prótese de cimento ósseo foi elaborada a partir de uma guia de acrílico moldada no biomodelo.

Paleontologia – Há situações, porém, que fogem ao campo médico-cirúrgico e revelam outras promissoras aplicações da tecnologia, como o trabalho realizado em parceria com o Museu Nacional do Rio de Janeiro e Instituto Nacional de Tecnologia (INT). O crânio de um Mariliasuchus amarali, um pequeno crocodilo que viveu há cerca de 65 milhões de anos, foi encontrado incrustado em uma rocha em Marília (SP). O bloco de pedra, com o fóssil em seu interior, foi reconstruído em três dimensões a partir das imagens obtidas em uma tomografia e a análise virtual permitiu aos paleontólogos conhecer dados e informações que não poderiam ser estimados devido ao impossível acesso, sem danos, ao material ainda incluso no mineral. Depois, utilizou-se a prototipagem para a modelagem de uma réplica fidedigna do fóssil para estudos e exposição, sem o comprometimento da integridade da peça original.

13.7.12

Educação a Distância - 10 Motivos para Estudar


Educação a Distância - 10 Motivos para Estudar

Motivo 1Rápido e Práticomotivo 1
Fazer Cursos Online é uma forma rápida e prática de aprender. É possível iniciar um curso em qualquer dia, não é necessário apresentar documentos ou participar de processos burocráticos para iniciar as aulas.
Motivo 1Valores Acessíveismotivo 2
Nossos cursos variam entre R$ 20,00 e R$ 60,00. Um treinamento parecido em outras instituições pode custar mais de R$ 500,00. Nossa eficiência e alto volume de alunos possibilitam oferecer cursos de alta qualidade por valores reduzidos. Além disso, não há nenhuma cobrança de mensalidade em nossos cursos, eles são pagos uma única vez.
Motivo 1Flexibilidademotivo 3
O processo é totalmente flexível: Flexibilidade de Local, Flexibilidade de Horário, Flexibilidade de Duração do Curso. Estude de onde preferir, da sua casa, trabalho, faculdade, lan-house ou de qualquer computador, faça nos seus horários disponíveis e conclua os cursos em quanto tempo desejar. Tudo é feito de acordo com seu ritmo, sem compromisso com prazos e horários fixos.
Motivo 1Não necessita se locomovermotivo 4
Fazendo nossos Cursos Online você não gasta com locomoção até uma escola presencial, não perde tempo no trânsito. Isso significa mais tempo livre para estudar, resultando em um melhor aproveitamento.
Motivo 1Banco de Currículosmotivo 5
Diversas empresas contatam-nos e solicitam indicações de alunos para vagas de emprego. Ao estudar conosco, você pode incluir seu currículo no Banco de Currículos e ser indicado para vagas relacionadas aos cursos feitos.
Motivo 1Certificado Válido em Todo o Brasilmotivo 6
O Certificado é válido em todo o Brasil e em vários outros países, ele pode ser utilizado em faculdades, empresas públicas e privadas, concursos e provas de título, entre outros.
Motivo 1Empresa Mantenedora da ABEDmotivo 7
O Cursos 24 Horas é uma empresa mantenedora da ABED - Associação Brasileira de Educação a Distância. Nosso nome e logo é exibido na página de Mantenedores da ABED.
Motivo 1Funcionários treinados conoscomotivo 8
Outra prova de qualidade do sistema de ensino é o número de empresas que já tiveram funcionários treinados conosco. Veja na imagem ao lado algumas dessas empresas.
Motivo 1Seu Currículo fica Atualizadomotivo 9
Todos os cursos podem ser incluídos em seu currículo. As pesquisas comprovam que manter o currículo atualizado é uma das formas mais eficientes para ser promovido, conseguir um novo emprego, ou até mesmo evitar uma demissão do emprego atual.
Motivo 1Professores Altamente Qualificadosmotivo 10
Uma equipe de professores altamente qualificados fica à disposição para atender aos alunos, corrigindo exercícios, enviando material adicional e tirando todas as dúvidas que possam surgir durante o curso.


12.7.12

O que fazer para deixar os fios menos armados e com volume sob controle?









O que fazer para deixar os fios menos armados e com volume sob controle?

Fios crespos devem ser hidratados quinzenalmente com produtos que trazem em sua composição manteiga de karitê, ceramidas, amêndoas ou óleo vegetal. “com esses ativos, o cabelo fica menos volumoso.

O cabeleireiro também deve indicar o uso diário de produtos leave-in para garantir brilho e maciez”.


Faça Sua Cabeça

10.7.12

Três bêbados em um bar


Três bêbados em um bar

Três bêbados em um bar estavão discutindo para onde a bebida deles ia 
um deles falou: 
_A minha bebida vai para o a cabeça porque no outro dia acordo com uma dor de cabeça. 
O outro falou: 
_Isso não é nada , a minha vai para as pernas porque quando eu levanto fico com as pernas bambinhas bambinhas .
Ah o outro falou :
_ Pois a minha vai para o Bunda porque quando chego em casa minha Mulher vem gritando...
Lá vem o bêbado cachaceiro com a Bunda cheio de cachaça.

Que produtos usar em fios oleosos, mas com as pontas secas?


Que produtos usar em fios oleosos, mas com as pontas secas?

A melhor opção é usar um xampu que controle a oleosidade da raiz e do couro cabeludo; depois aplicar um condicionador hidratante apenas no comprimento dos fios e nas pontas. O xampu deve ser de fórmula equilibrante, a base de ervas, e o condicionador têm que conter silicone.
Fatores hormonais e até mesmo predisposição genética fazem as glândulas sebáceas produzirem óleo de forma desproporcionada.
Muitas mulheres queixam-se de terem a raiz oleosa e as pontas secas, o que os especialistas chamam de cabelo misto.
Os cabelos crespos são mais predispostos a essa tendência, uma vez que o seu formato de espiral dificulta o deslizamento da oleosidade da raiz até as pontas. 
O resultado é desastroso: mesmo lavando todos os dias, este tipo de cabelo apresenta-se murcho, com aparência engordurada e suja. Na verdade, as partículas que circulam no ar, como poeira e poluição, colam-se com mais facilidade ao cabelo oleoso, piorando o seu estado. 

Como cuidar?

Lave o cabelo em dias alternados com água fria ou morna.
Antes de lavar, escove o cabelo da raiz até as pontas. Isso ajuda a espalhar a oleosidade por toda a extensão dos fios - o que facilita na a sua remoção na lavagem.
Use xampus específicos à base de agentes adstringentes .
OX Nutrientes xampu para Cabelos com Raiz Oleosa e Pontas Secas,
com proteínas e extratos que equilibram a oleosidade do fio da raiz às pontas, deixando os cabelos soltos, com aparência de bem cuidados.

OX Plants + Plants Xampu Cabelos Oleosos 
Limpa profundamente e condiciona levemente, dando o equilíbrio certo. Com extratos de Alecrim, Quilaia, Shiitake

Molhe bem o cabelo antes do xampu e massageie o couro com a ponta dos dedos.

Aplique o condicionador da metade dos fios para baixo, sempre.
E, se as pontas estiverem secas aplique uma máscara.

O que evitar.

Água quente. Faz com que as glândulas trabalhem ainda mais para proteger o couro da agressão.

Esfregar o couro do cabelo bem, mas pode piorar a oleosidade do cabelo, uma vez que a massagem ativa as glândulas sebáceas.

Deixar resquícios de creme nas pontas para disfarçar as pontas secas. Os cabelos ficam pesados e com aspecto ainda mais ensebado. 

Secador. Se não puder evitar, use apenas na temperatura normal e a dois palmos do couro cabeludo.

Evite a utilização de toucas térmicas, que aquecem o couro e fazem as glândulas sebáceas trabalharem ainda mais. 

Quanto à hidratação, você pode utilizar bons produtos para cabelos secos, e aplicará a mistura somente nas pontas.

Máscara caseira para cabelos secos e quebradiços

Ingredientes:

Meio abacate maduro 
Uma gema de ovo 
2 colheres de mel de abelha 

Modo de Preparo:

Amasse o abacate com o garfo, acrescente a gema e o mel. Misture tudo, aplique no cabelo, massageie, e coloque a touca de alumínio. 
Fique 30 minutos com a touca, e após esse tempo, enxágüe bem os cabelos para retirar qualquer resíduo. 

Máscara caseira para dar brilho ao cabelo

Ingredientes:

Um copo de iogurte natural de qualquer marca 
Uma gema de ovo sem pele 

Modo de Preparo:

Tire a pele que cobre a gema, e misture a gema no iogurte. Aplique no cabelo massageie e coloque a touca de alumínio. 
Fique 30 minutos com a touca, e após esse tempo, enxágüe bem os cabelos para retirar qualquer resíduo. 

 Uma vigorosa massagem no cabelo com um creme de sua preferência.
Com o cabelo todo massageado, pegue uma touca de alumínio que você compra em lojas de cosmético. Custa menos de quatro reais, e dura anos. (Esta touca é a substituta daquelas toucas horrorosas e perigosas de antigamente, que se ligava na tomada!). 
Prenda o cabelo num coque com a piranha, e coloque a touca de alumínio. Fique com a touca por no mínimo 30 minutos. 
Após os 30 minutos é hora de enxaguar o cabelo. Mas você não precisa entrar no banho novamente. Um outro segredo dessa hidratação é enxaguar o cabelo com água fria. E para isso, lave os cabelos no tanque de lavar roupa! Assim, você tira todo o creme do cabelo com água fria, e não molha o corpo para não passar frio. 
A água fria é importantíssima para não ressecar o cabelo. Ela fecha as escamas do cabelo, evitando as pontas duplas, a quebra, e o ressecamento. E dá brilho. 
Após lavar os cabelos com água fria, enrole uma toalha na cabeça e espere secar um pouco. Penteie os cabelos normalmente, e deixe secar naturalmente. 
Daí é só esperar os elogios! Todos percebem a diferença!

9.7.12


Altas horas

Quatro da manhã. Um guarda noturno fazia sua ronda com a sua Yamaha quando viu um bêbado sentado na calçada. 
- Ô, cara! - gritou ele, para o bêbado - São quatro da madrugada! Por que você não vai pra casa, hein? 
- O senhor já ouviu falar que o mundo gira? - perguntou o bêbado. 
- E daí que o mundo gira? - gritou o guarda, que já estava perdendo a paciência. 
- Bom... Se mundo gira... Uma hora a minha casa vai passar por aqui! 



Faça Sua Cabeça


Como recuperar fios que estão ralos e quebradiços após o uso constante de um aplique durante seis meses?


Como recuperar fios que estão ralos e quebradiços após o uso constante de um aplique durante seis meses?


Fazer um bom corte é o primeiro passo. “deve-se retirar as pontas fracas para que o cabelo cresça forte. O segundo é fazer hidratações quinzenais, à base de queratina, no salão. Em casa, a manutenção deve incluir xampu e condicionador também formulados com ativo de queratina (dica bio-extratus).





Faça Sua Cabeça



O que é texturização? Ela pode ser feita em fios desidratados e que apresentam queda?


A texturização é um relaxamento leve, que dá forma ao cabelo, deixando-o menos ondulado a partir da raiz. Funciona como uma hidratação profunda. Usando marcas de boa qualidade e vitaminas A e B com um pouco de concentração de 30% porcento de queratina pode ser feito em cabelos com queda e desidratados, porém com uma pausa de dois a dois meses.



Faça Sua Cabeça